Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2016

kristallnacht à brasileira?

Imagem
Não fico triste. Não fico perplexo. Sim, confesso que tenho vontade de uma gargalhada recôndita. Mas o faria se o quadro não fosse por demais preocupante. Sociológica e psicologicamente. Nos anos 20 do século passado o psicanalista alemão William Reich escreveu "Psicologia de Massas do Fascismo". Ele buscava entender como a ideologia nazista ganhou boa parte da população da Alemanha, sobretudo os jovens e, sim, o operariado germânico. Quase 100 anos se passaram desde que a obra foi publicada. E nunca esteve tão atual, no Brasil e no mundo. Vi algumas postagens de pessoas jovens, que tiveram acesso à educação privada e cursaram mais de uma faculdade. Elas comemoravam a notícia (de uma fonte que não me é familiar) de que caso Lula venha a ser preso os parlamentares do PT renunciariam em bloco. Co-me-mo-ra-vam! Isso mesmo. Reitero, não me tomo triste nem perplexo. Para mim, casos a serem estudados como fenômeno. Parto da premissa de que o consórcio golpista jurídico-policial-m…