Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2009

Ausência de critérios e desconhecimento

Números errados. Confusão entre execução orçamentária e execução financeira. Ausência de critérios para entender o Sistema de Informações Contábeis e Financeiras da Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sicof). Enfim, desconhecimento de pormenores da administração pública. Matéria veiculada hoje por um órgão de imprensa soteropolitano (29/10) precisa ser revista.

Meus sinceros agradecimentos à turma de Jornalismo da Unijorge que cola grau em março de 2010

Há quase dois anos enfrentei um dos momentos mais traumáticos da minha vida profissional. Fizera uma escolha. Entre não abrir mão de princípios ou coadunar com valores que não acredito, optei pelo caminho das minhas convicções. Não aceitara declinar ante um rolo compressor cujo alvo eram pessoas com as quais tinha o compromisso ético de transmitir conhecimentos, meus alunos e alunas. E assim o fiz. Paguei o preço do desligamento de uma casa na qual cultivei amigos e amigas e colaborei com o desenvolvimento acadêmico. Deixara para trás cinco longos anos de dedicação e colaboração. Mas não foi em vão. Nos dias subsequentes à minha saída, senti o calor da solidariedade. Aqueles com quem militei academicamente se revelaram mais que alunos, mas portadores de iniciativas que valiam muito, muito mais do que pilhas de artigos escritos e textos consumidos. Meus alunos e alunas estavam exercendo o papel de cidadãos. Questionarem e protestarem não só quanto ao meu desligamento, mas, sobretudo, q…

Rock e Revolução

Imagem
Mais de 500 mil cubanos se reuniram neste domingo (20) na Praça da Revolução em Havana para assistir ao "Show pela Paz" do cantor colombiano Juanes, que provocou a ira dos anticastristas exilados nos Estados Unidos.
Fonte: Blog do Noblat

O DEM e o PSDB têm medo da Internet?

Imagem
Dentre os itens contemplados nas discussões da mini-reforma política debatida no Congresso Nacional, o mais polêmico recai no uso da Internet na campanha eleitoral de 2010. De um lado, boa parte das oposições – sob a batuta dos senadores Marco Maciel (DEM-PE) e Eduardo Azeredo (PSDB-MG) - querendo censurar, fiscalizar e tutelar o uso político da rede mundial; do outro, os partidos de esquerda e aqueles alinhados ao Governo que desejam o uso livre da Internet. Explica-se a preocupação dos primeiros. A sociedade mundial passa por um processo de transformação no qual a mídia tem tido papel fundamental, e com um adendo: cada vez mais os meios de comunicação corporativos perdem espaços para as mídias alternativas, entre elas as redes sociais e a blogosfera. O efeito denominado de “pedra no lago”, ou seja, a possibilidade de formação de ondas de opinião pública a partir de poucos centros irradiadores – grandes redes de TV, revistas semanais e jornais tradicionais – esvai-se ante o crescimen…

Carlista Paulo Souto ganha troféu Peroba

Imagem
Ao lado, Paulo Souto, à direita, saudando seu menestrel ACM

O troféu Peroba dessa semana vai para o carlista Paulo Souto. Depois de impor um violento arrocho salarial no funcionalismo baiano, o afilhado político de ACM e candidato do DEM (ex-PFL) ao Governo da Bahia agora ataca de bom samaritano. Ele exige nomeações para servidores que se submeteram a concursos realizados durante sua gestão. Detalhe: os certames estavam com diversas irregularidades e nem ele mesmo assinou as nomeações. Assim é fácil fazer proselitismo político.

Critérios seletivos

Quais os critérios de noticiabilidade que têm movido os grandes órgãos de imprensa do país? A Folha de São Paulo publica artigo comentando a questão da segurança pública na Bahia, politizando o fato, claro. Todavia, fez a leitura dos incidentes na favela de Heliópolis, em São Paulo, sob a ótica meramente policial. Quanto à crise no Rio Grande do Sul, que envolve a governadora Yeda Crusius (PSDB) em escândalos dantescos de corrupção, a ponto da Assembléia Legislativa local acatar o processo de impeachment, a cobertura do fato é homeopática, clean, quase imperceptível. Nunca se viu tanto engajamento da imprensa corporativa tupiniquim.

O "flagra"

O site soteropolitano Bahia Notícias publicou nota assinada pelo repórter Daniel Pinto informando que “ (...) Circula pela internet um registro (ao que tudo indica) dos bastidores da campanha de 2002 (...) “. Na nota, o repórter aposta num “furo” ao se referir a um “filme” exibido na Internet que apresenta diálogo envolvendo o coordenador da campanha de Lula à época, José Dirceu, o marqueteiro Duda Mendonça e o assessor de assuntos econômicos Guido Mantega, hoje ministro da Fazenda. O repórter finaliza o texto com a seguinte assertiva: “o flagra veio parar no Bahia Notícias”. O que o repórter não sabe é que seu “flagra” beira o risível. O filme realmente existe e não é nenhum registro secreto que alguém deixou escapar. Trata-se de um pequeno trecho do documentário Entreatos, de João Moreira Sales, que já foi exibido nos cinemas e se encontra disponível para locação em diversas locadoras de vídeos. Interessante esse “furo”.

Raio X na Operação Jaleco Branco

Apuração, precisão, equilíbrio e isenção. Matéria veiculada neste domingo (13) no jornal A Tarde, que trata da Operação Jaleco Branco, se constitui no mais bem elaborado acervo documental acerca daquela operação da Polícia Federal, que no ano passado desmontou uma quadrilha que lesava os cofres públicos do Estado da Bahia. De autoria da jornalista Ludmila Duarte, da sucursal de Brasília, a matéria faz uma radiografia completa que supera os vícios do achismo, do fulanismo e do factóide, atendo-se a fontes e documentos precisos. Jornalismo de qualidade, por vezes tão raro de se encontrar no país.

O Tombo

Um vídeo hilário, um hipotético José Serra em desespero.
O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, foi calorosamente festejado no Festival de Cinema de Veneza, onde assistiu a apresentação de estreia do documentário "South of the Border", do diretor norte-americano Oliver Stone. O filme é uma incursão pelos países latino-americanos governados por projetos politicos de esquerda, em especial, a Venezuela. Segundo Stone, a motivação do seu trabalho não foi baseada apenas nos "ataques ridículos da imprensa (americana) contra Chávez", mas porque "Chávez é um grande fenômeno, protagonista de mudanças positivas em seu país". Certamente que esse episódio também deve estar incomodando a mídia tupiniquim que tanto mente e deturpa acerca dos governos progressistas na América do Sul. Veja o trailer.

Oliver Stone's South of the Border - Official Trailer

Gol de placa na oposição

Imagem
Um discurso enfático, um recado duro àqueles que querem colocar os interesses nacionais, os interesses da maioria da população, à mercê das lógicas de mercado. O texto lido pelo presidente Lula durante o ato de envio ao Congresso Nacional do projeto-de-lei que cria o marco regulatório para a exploração da camada pré-sal selou ideologicamente a questão. São gigantescas jazidas de petróleo e gás, situadas entre cinco e sete mil metros abaixo do nível do mar, sob uma camada de sal que, em certas áreas, alcança mais de 2 mil metros de espessura. Foi o suficiente para a entourage demotucana-midiático-oposicionista entrar em alarido. Os meios de comunicação pertencentes à midiocracia local logo trataram de arregimentar seus “especialistas” e “comentaristas” para buscar construir consensos e formar opiniões contrárias ao projeto. O diapasão comum entre eles é que o “mercado ficou assustado” com a proposta do Governo. Saudosismo da era FHC, quando foi quebrado o monopólio de exploração do pe…