Estados Unidos declaram apoio incondicional à chacina

Agora é oficial. O Congresso norte-americano está em vias de aprovar o apoio incondicional dos Estados Unidos à agressão de Israel à Faixa de Gaza. A informação foi passada à agência France Press pela presidente da Câmara dos Deputados, a democrata Nancy Pelosi, do mesmo partido de Barack Obama. Segundo a mesma fonte, o documento também conta com a aprovação da maioria dos senadores, tanto democratas quanto republicanos. Como já dito neste blog, na terra do Tio Sam existe um monopartidarismo disfarçado de bipartidarismo que faz o papel único de defensor dos grandes interesses das indústrias bélica e petrolífera.

Comentários

Duda Bastos disse…
E ainda existem aqueles que acreditam que o fato de um negro estar no poder dos EUA as coisas serão diferentes. Ainda hoje recebi um e-mail desses powerpoints que alisava e perdoava a América pelo que elas fizeram com os seus negros e com os brancos que lutaram por causas abolicionistas e humanitárias, isso porque elegeram um negro. Muito bobo. As pessoas reagem, sentem e atuam de maneiras semelhantes independente de credo, raça e opção sexual. No mundo fundamentalista do capital o ocaso do mundo na história das hegemonias e imperialismos sempre possuem o eco de força bruta. Seria a mesma coisa se o Dalai Lama administrasse a potência com um PIB de 13.250 trilhões de dólares, um número apenas inferior ao PIB da União Europeia. Não vamos esperar o melhor...
Abraço, Zeca
Duda Bastos disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Eis um caso exemplar em que apenas a cor da pele caracteriza um homem como negro. Em momento algum de sua candidatura, Obama se pôs como um negro disputando a presidência dos Estados Unidos.

B. Obama é apenas mais um branco imperialista que defenderá os mesmos objetivos de Bush Jr., com pequenas diferenças, talvez significantes.

Abraços!
Guilherme F. de Gusmão [Guigo FG.] disse…
Ah!... Se Davi soubesse...

"Se o jovem Davi soubesse... oh!, se ele pudesse saber...
Que a sua funda, armada com toscas pedras, está hoje nas mãos dos garotos palestinos... que o Golias de agora, ironia das ironias, é um super-tanque blindado, sub-teleguiado por seus irmãos de sangue, hebreus, em uma inversão total e escandalosa dos papéis, na História da Terra Prometida."

Leia o restante em http://sapatosdelata.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

Snowden. Ou o fim da utopia cibernética

kristallnacht à brasileira?

Fé e ciência. O que Buda e Cristo têm em comum?