Wagner está bem; quem está mal é a imprensa fedorenta


O flagra da repórter fotográfica Iracema Chequer ontem à noite. Olha a expressão do governador que teria sofrido um "infarto"

Ontem, 04 de julho, domingo, Salvador e o país foram tomados por uma notícia: o governador da Bahia, Jaques Wagner, teria sofrido um infarto. Era boato. Um boato difundido pelo site Bahia Notícias, que tem a presunção de se autoproclamar como vestal da credibilidade. Irresponsabilidade transvestida de jornalismo. No linguajar da área, barrigada! Wagner foi ao Hospital Espanhol onde se submeteu a exames de rotina, apenas. Foi o bastante para que o "ouvir dizer" se transformasse em apuração jornalística. Vergonhoso! Seja com o governador ou qualquer outro cidadão. A propósito, as barrigadas desse site estão sendo catalogadas por este blogueiro. Um dia a gente libera.

Comentários

Reinofy Duarte disse…
Na condição de cidadão portador de barriga, pela qual nutro profunda admiração e tenho muito zelo e respeito, não aceito esse termo barrigada, para tamanha,... tamanha,... (ia dizer cachorrada, mas os cães tem mais nobreza)... deixa essa coisa fedorenta pra lá.
Anne CV disse…
Pois bem, espero que o futuro do jornalismo tenha uma melhora significativa e que nós da turma de Jornalismo, alunos de Zeca, mudaremos essa realidade. Adorei o novo visual do blog, sinto falta da belíssima foto do blogueiro, rsrsrs

Postagens mais visitadas deste blog

Snowden. Ou o fim da utopia cibernética

kristallnacht à brasileira?

Fé e ciência. O que Buda e Cristo têm em comum?