Serra agora abraça o fascismo



A larga vantagem de Dilma Roussef sobre o candidato da coligação demotucana, José Serra, está precipitando a queda das máscaras. Serra visitou o Clube da Aeronáutica, no Rio, nesta sexta-feira (27), onde reuniu militares da reserva e membros dos clubes militares. Aos gorilas, o candidato demotucano declarou que o Brasil vivencia “uma república de sindicalistas”. Jogando para a plateia, Serra reavivou antigos temores militares frente ao governo de João Goulart – deposto em 01 de abril de 1964 num golpe articulado por estes mesmos gorilas -, ressuscitando fantasmas da época da guerra fria. O tucano também manifestou posição contrária ao Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH), o qual qualificou como "tentativa de controle da imprensa" por parte do governo petista. Serra também criticou a política externa brasileira, reiterando a velha cantilena: Irã, Chávez, Cuba, Evo Morales etc…José Serra não tem pruidos nem mesmo de borrar seu passado como ex-dirigente estudantil – era o presidente da UNE na ocasião do Golpe de 1964. Alia-se agora à gorilagem que impantou a Ditadura Militar, que assassinou, torturou e exilou milhares de cidadãos. Seu debaclê político não poderia ser pior: abraçar o fascismo como estratégia de angariar apoios na extrema direita. Não dou muito ouvido a teorias conspiratórias, como já discuti aqui neste espaço, mas é bom ficar alerta com tais movimentações da oposição.

Comentários

Apresar de credenciados pelo Clube da Aeronáutica, jornalistas foram impedidos, pela assessoria do candidato do PSDB, José Serra, de cobrir palestra para militares da reserva e membros dos clubes militares.

Nenhum dos grandes jornais estamparam esta notícia em suas capas. E claro que não foi por falta de relevância, ou mais tecnicamente, critérios de noticiabilidade, valores-notícia.

Nas redações dos principais veículos de informação, que estão preocupados apenas em devolver o poder aos seus representantes, a "liberdade de imprensa" é utilizada como autorização para decidir o que o povo deve o ou não saber. Por isso as declarações de Serra e seu vice ganham a publicidade negada aos reais fatos de interesse público.

Imprensa Marginal

Postagens mais visitadas deste blog

Snowden. Ou o fim da utopia cibernética

Num dia de agosto de 1992

Fé e ciência. O que Buda e Cristo têm em comum?